Cifoplastia com balão

CIFOPLASTIA COM BALÃO 

(KYPHOPLASTY)



Cifoplastia é a evolução da vertebroplastia, que é o mesmo procedimento de correção de certos tipos de fratura utilizando cimento intravertebral (corpo vertebral), porém, utilizando um balão para confeccionar uma cavidade no corpo vertebral para posterior injeção de cimento sob baixa pressão, evitando assim, o extravasamento do mesmo.

cifoplastia com balão

clique na imagem para acessar o vídeo: Tradução abaixo

 

Este procedimento minimamente invasivo trata a fraturas de coluna causadas por osteoporose. A técnica foi concebida para o alívio rápido da dor, auxilio no restabelecimento da coluna e a mínima manipulação cirúrgica.

Atraves de uma incisão de 1,2cm, um trocater e canulas especiais são introduzidos dentro do corpo vertebral, no sítio da fratura, para criar um local de trabalho. Um balão é introduzido e cuidadosamente insuflado, criando uma cavidade dentro do corpo vertebral. O balão é desinsulflado e retirado deixando uma cavidade preparada.  A cavidade é preenchida com cimento ósseo para estabilizar a fratura. Uma vez preenchida, os instrumentos são retirados e a incisão é suturada.

 

Uma vez realizado o processo,  uma estrutura interna foi criada para promover estabilidade espinhal e alívio rápido da dor. Tambem restabelece a altura do corpo vertebral reduzindo a deformidade espinhal e melhorando a mobilidade.

 

 

TÉCNICA: O PROCEDIMENTO DA CIFOPLASTIA COM BALÃO

 

  1.  Uma pequena incisão é realizada nas costas, ao nível lateralmente à vertebra a ser tratada.
  2.  Com auxílio de radioscopia, o cirurgião introduz uma cânula estreita através do pedículo vertebral, que é o caminho a percorrer sem atingir estruturas neurais, até o interior do corpo vertebral a ser tratado.
  3.  Ainda com a radioscopia, o cirurgião introduz um balão especial através da cânula e procede com a insuflação cuidadosa e monitorada por imagem. Conforme o balão insulfa, a vertebra é elevada, retornando a uma situação anatômica mais normalizada. Tambem ocorre a compactação de tecido ósseo esponjoso que cria uma cavidade interna dentro da vertebra.
  4. O balão é desinsulflado e retirado.
  5. Atraves de instrumentos especiais, um cimento especial de secagem rápida (polymethylmethacrylate (PMMA) é injetado através da canula para dentro da cavidade recém criada, e sob baixa pressão, para evitar extravasamento do cimento.
  6.  Apos o preenchimento da cavidade, esse polímero seca rapidamente, endurece e se fixa no interior da vertebra já estabilizando aquele segmento da coluna.
  7. Esse procedimento é realizado em hospital com centro cirúrgico, que contenha aparelho de radioscopia adequado. Pode ser realizado sob sedação e anestesia local, ou anestesia geral.
  8. A duraçãoo média é de 1 hora por nível a ser tratado.
  9. Os pacientes serão observados até o dia seguinte ao procedimento.
  10. A dor pode aliviar imediatamente ou em até 2 dias.
  11. O paciente poderá exercer suas atividades normais diárias, sem nenhum esforço físico por pelo menos 6 semanas que é o período médio para reossificação.
  12. O paciente poderá dirigir antes desse período somente com o aval do cirurgião / médico assistente.
  13. Consultas periódicas mensais devem continuar por um período de pelo menos 4 meses.  
     
  14. VIDEO OFICIAL DA MEDTRONIC 
    imagens reais de procedimento cirúrgico - abordagem bilateral
     

INDICAÇÕES 

Fraturas do tipo Magerl 1A  - Osteoporose, trauma agudo, Neoplasia

(nos casos de fratura patológica por neoplasia de coluna com dor e expectativa de pelo menos 3 meses de vida)

Diante de um caso de fratura com dor e deformidade, o tempo de fratura não é um fator critico para a indicação do procedimento, podendo ser realizado mesmo na presença de fraturas antigas. (Geralmente antes de 6 meses)

 

Vantagens sobre o tratamento conservador

(repouso e colete)

Tempo de recuperação mais rápido evitando as limitações de mobilidade, redução da capacidade pulmonar, dificuldade para dormir, dor crônica.

Restabelecimento da deformidade espinhal (postural)

PRINCIPAL INDICAÇÃO: ALÍVIO MAIS RÁPIDO DA DOR, MENOS OU NENHUM USO DE ANALGÉSICOS E ANTINFLAMATÓRIOS.

 

Vantagens sobre a Vertebroplastia (sem balão)

São semelhantes, porém a cifoplastia com balão é projetado para não haver extravasamento e trabalhar sob baixa pressão no interior da vertebra, portanto, apresenta menor índice de complicações por extravasamento de cimento.

Referência : Spine and Spinal Cord Trauma - Evidence-Based Management

A. Vaccaro

M. Fehlings

M. Dvorak


Texto escrito por Dr Antonio Sergio Castelo Branco Guimarães

Neurocirurgião - Palmas - Tocantins - janeiro 2012